5 alimentos que podem atrapalhar sua dieta esportiva

imagesUma alimentação nutritiva e balanceada é um dos principais pilares da prática esportiva. Seja para uma pessoa que se exercita por hobby ou para atletas profissionais, os alimentos são parte crucial para o desempenho durante as atividades físicas e para levar uma vida saudável.

Além disso, algumas substâncias potencializam os efeitos dos exercícios e colaboram para o ganho de massa muscular e para a perda de peso. Em contrapartida, outras não ajudam em nada, tem pouco valor nutritivo e podem prejudicar completamente sua dieta esportiva e até provocar doenças graves. A seguir, vamos listar os 5 tipos de alimentos que mais atrapalham o desempenho físico, a prática de esportes em todas as suas fases – antes, durante e depois -, e nossa vida como um todo, e devem ser consumidos com menor frequência ou abolidos dos cardápios:

Hidrogenados

A gordura hidrogenada, ou trans, é a mais nociva que existe. Presente em alimentos de fast-foods, sorvetes, chocolates, biscoitos e comidas congeladas, esse ingrediente aumenta o colesterol ruim (LDL) e diminui o bom (HDL), elevando os riscos de doenças cardíacas.

Esta gordura é utilizada, principalmente, para prolongar a vida útil de alimentos em restaurantes e supermercados. E também para aumentar a consistência e deixar produtos, como aqueles processados – chips, bombons e bolachas – mais crocantes.

Embutidos

Com alto teor de sal, os alimentos embutidos, como salsicha, bacon, salame, presunto e mortadela, também possuem grande quantidade de gordura saturada, conservantes e corantes. Todos esses ítens prejudicam nosso organismo, elevando os riscos de problemas cardiovasculares, de hipertensão e contribuindo com o aumento de peso.

Como esses produtos passam por diversos processos para aumentar sua conservação, vários aditivos químicos são colocados em sua composição. E na mesma proporção em que prolongam a vida desses alimentos nas prateleiras, esses compostos fazem mal a nossa saúde.

De acordo com pesquisa da Escola de Saúde Pública de Harvard, o consumo frequente de embutidos pode ocasionar câncer de intestino. Além disso, esse tipo de produto também está relacionado a doenças crônicas como cardiopatias graves e diabetes.

Refrigerantes

Desde pequenos aprendemos que tomar refrigerante em excesso faz mal. Muito relacionado à obesidade, esse produto é extremamente calórico e tem grande quantidade de açúcar em sua composição – cerca de 10 colheres de sopa por copo. Além disso, sua fórmula é rica em fosfato, agente que provoca a liberação de cálcio de nossos ossos, fazendo com que fiquem fracos e aumentando as chances de surgimento da osteoporose.

As versões diet e zero, apesar das poucas calorias, são ainda piores. Com valor nutricional quase nulo, tem elevada presença de sódio, substância que sobrecarrega os rins e provoca hipertensão.

Sal

Como todos sabem, o sal é um dos grandes inimigos da dieta esportiva. Essa substância aumenta consideravelmente a retenção de líquidos em nosso organismo, o que pode prejudicar o funcionamento dos órgãos e sobrecarregar os rins. Além disso, colaboram para o aumento da pressão arterial. O seu excesso também prejudica o funcionamento das papilas gustativas, que se “acostumam” com a sua presença. Quando isto ocorre, todo alimento que não tem muito sal passa a ficar insosso, sem graça. Felizmente, basta reduzir o consumo que o paladar volta ao normal.

Donuts

Apesar de deliciosos, os donuts são verdadeiras bombas! Um terço da composição desse doce é gordura trans, a mais perigosa e prejudicial delas. Além disso, são fritas e frequentemente recheadas ou coberturas de açúcar. Ou seja, um único donut pode desencadear diversos problemas de saúde. Ah…cada rosquinha dessa tem, em média, 300 calorias! O terror de qualquer regime.

Sabemos que muitos destes alimentos são deliciosos e acabam se infiltrando na nossa alimentação um dia ou outro. Uma festa, saída com os amigos ou ocasião especial. A palavra-chave é moderação. Evite-os ao máximo, mantenha uma dieta saudável e um bom programa de exercícios. Assim, a fugidinha eventual não pesa tanto na consciência, nem na balança!

FONTE: www.limiar2.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s